18 maio 2008

Carminho...


…finalmente.
A primeira vez que a ouvi foi num programa de televisão a cantar à desgarrada. Nem queria acreditar no que ouvia. Nunca mais ouvi falar dela, até assistir ao filme “Fados” de Carlos Saura. Vejo-a sentada num cenário em forma de casa de fados e desejei que não estivesse apenas a “figurar”. Não figurou. Levantou-se, cantou e desfiz-me em lágrimas.
Procurei-a no YouTube, mas nada. Encontrei blogs, artigos, fotos, locais onde costuma cantar e a opinião unânime de que tem uma voz fabulosa. Sem nada gravado, já tem uma legião de fãs. Gosta de cantar em casas de fado e pronto, fica por aí.
Podia ir vê-la à Casa de Frades, mas quando a ouço choro de tal maneira que seria certamente posto na rua.
Há rumores de que, finalmente, vai gravar.
Hoje encontrei vários vídeos no YouTube.
Uma voz nova, diferente, cheia de verdade, com um estilo muito próprio.
Maravilhosa!
Espero ansioso.

2 comentários:

Curiosa disse...

Também sou fã!!!
Uma entrevista da Laurinda Alves aqui:
http://mx.truveo.com/Carmo-Rebelo-de-Andrade/id/423486315

:))))

Vento nos S@lgueiros disse...

Hum... aquele arrepiozito que nos deixa em "pele de galinha"....

P.s. Beijinho à Teresa que falas no post anterior:)